segunda-feira, 21 de agosto de 2017

QUEM FICAR PRESO A “ENCENAÇÃO”, CORRE O RISCO DE CAIR SENTADO NO CHÃO.

Resolvi postar o texto do Capelli, comunista, ex-presidente da UNE, que mostra a quantas andam a percepção deles da realidade do quadro político atual. Você vai se surpreender:

QUEM FICAR PRESO A “ENCENAÇÃO”, CORRE O RISCO DE CAIR SENTADO NO CHÃO.

Por Ricardo Garcia Capelli

Zé Dirceu, general da esquerda brasileira, é arquiteto e alma do PT. Consultado certa vez sobre a possibilidade do partido integrar uma Frente Partidária, foi direto: “o PT não pode ir para uma Frente porque o PT já é uma Frente.” É um registro, não vai aqui nenhuma crítica ao Partido dos Trabalhadores. O próprio Ciro Gomes, perguntado se acreditava na possibilidade de apoio do PT se Lula não for candidato, reforçou o pensamento de Dirceu: “não, não espero. Eles terão candidato. É da natureza do PT”.  

A caravana de Lula pelo Nordeste serve a este objetivo. Lula é do PT, apesar de ser óbvio, tem gente que a esta altura ainda acredita que ele é um líder suprapartidário. Não acho que Lula está errado. Ele tem partido. Partido existe para disputar poder, do contrário vira ong, centro de estudos estratégicos ou consultor de luxo. Lula sabe que suas possibilidades de ser candidato são remotas. O PT também sabe. Por isso utilizam o carisma do ex-presidente em caravana para fortalecer a legenda no seu principal reduto. Pelo que soube, na Bahia, nem a “aliados históricos” foi franqueada a palavra nos atos. Na hora de capitalizar o prestígio de Lula junto ao povo, o partido se fecha e “cotovela”, evitando qualquer perda ou concorrência. 

Estão errados? Estão sendo coerentes com a estratégia que definiram. Fortalecer o PT no Nordeste é para eles essencial. Se Lula estiver fora do jogo, o petista que ocupará a vaga terá na região um decisivo ponto de partida. Ciro e o PDT vão trilhando seu caminho. Inteligente e muito qualificado, é um belo candidato. Assim como o candidato petista, cumprirá o papel de afirmar o PDT no cenário nacional. É cedo para dizer se cumprirão apenas o papel de afirmar seus partidos na disputa pelo “lugar da esquerda no pós-Lula” ou se alçarão voos maiores. 

O PSB ainda está cercado de incertezas. A tendência é que os Pernambucanos reassumam o controle e que boa parte desembarque. Parecem buscar também candidato próprio, seria um caminho natural só reversível com uma pouco provável candidatura Lula. Em meio a brutal defensiva da esquerda, o que está em jogo é a sobrevivência das legendas do campo, e o lugar que cada uma ocupará na reorganização inevitável do pós-Lula. Todos “encenam amplitude”, mas na luta pela sobrevivência o jogo será duro, cada um cuidará de sua própria pele. 

A guerra é pragmática, nela não cabem romantismos ou a espera de uma “consideração ideológica” descolada da correlação de forças objetiva. Quem não entender a dureza do que vem pela frente e não construir uma estratégia independente e altiva, que garanta sua própria sobrevivência e afirmação, corre o risco de, quando a música parar, com as cadeiras todas ocupadas, cair sentado no chão.

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Como nossa vida irá mudar dramaticamente nos próximos 20 anos, segundo o CEO da Mercedes.



Em uma entrevista recente, Daimler Benz (Mercedes Benz) dissera que seus concorrentes não são mais as outras companhias de carro, mas sim a Tesla (óbvio), Google, Apple e Amazon.



*  Softwares irão quebrar a maioria das indústrias tradicionais nos próximos 5-10 anos.

* Uber é apenas uma ferramenta de software, eles não possuem carros, e são agora a maior empresa de táxi do mundo

* Airbnb é agora a maior empresa hoteleira do mundo, embora eles não possuam quaisquer propriedades.

* Inteligência Artificial: Computadores se tornam exponencialmente melhores em compreender o mundo. Este ano, um computador bateu o melhor Go player no mundo, 10 anos mais cedo do que o esperado.

* Nos EUA, jovens advogados já não conseguem emprego. Por causa da IBM Watson, você pode obter aconselhamento legal (até agora para as coisas mais ou menos básicas) em poucos segundos, com uma precisão de 90% em comparação com uma precisão de 70% quando feito por seres humanos.

* Então, se você estuda direito, pare imediatamente. Haverá 90% menos advogados no futuro, apenas especialistas permanecerão.

* Watson já ajuda enfermeiros no dignostico de câncer, 4 vezes mais preciso do que os enfermeiros humanos. Facebook agora tem um software de reconhecimento de padrões que podem reconhecer rostos melhores do que seres humanos. Em 2030, os computadores se tornarão mais inteligentes do que os seres humanos.

* Carros autônomos: Em 2018 os primeiros carros de auto condução estarão disponíveis para o público. Por volta de 2020, a indústria completa vai começar a ser interrompida. Você não vai querer ter um carro mais. Você vai chamar um carro com o seu telefone, ele vai aparecer no seu local e levá-lo ao seu destino. Você não vai precisar estacioná-lo, você só pagará pela distância percorrida e pode ser produtivo durante a condução. Nossos filhos nunca irão ter uma carteira de motorista e nunca vão possuir um carro.

* Isso vai mudar as cidades, porque vamos precisar de 90-95% menos carros para isso. Poderemos transformar antigos estacionamentos em parques. 1,2 milhões de pessoas morrem a cada ano em acidentes de carro em todo o mundo. Temos, agora, um acidente a cada 60.000 milhas (100.000 km), com a condução autônoma, esse número vai cair paraa 1 acidente em cada 6 milhões de milhas (10 milhões de km). Isso vai salvar um milhão de vidas por ano!

* A maioria das companhias de carro provavelmente vão falir. Companhias de carro tradicionais tentam a abordagem evolutiva e apenas construir um carro melhor, enquanto as empresas de tecnologia (Tesla, Apple, Google) fazem a abordagem revolucionária e constróem um computador sobre rodas.

* Muitos engenheiros da Volkswagen e Audi estão completamente aterrorizados pela Tesla.

* As companhias de seguros terão dificuldade enorme porque sem acidentes, o seguro vai se tornar 100x mais barato. Seguros para automóveis irão desaparecer.

* O Mercado Imobiliário vai mudar. Porque se você pode trabalhar enquanto se desloca, já que os carros serão autônomos, as pessoas vão se mudar para mais longe e viver em um bairro mais bonito.

* Os carros elétricos vão se tornar tendência em 2020. As cidades serão menos barulhentas, porque todos os carros novos serão movidos a eletricidade. Eletricidade se tornará incrivelmente barata e limpa: produção Solar tem tido uma curva exponencial de 30 anos, agora você pode ver o impacto crescente.

* No ano passado, mais energia solar foi instalada no mundo do que o combustível fóssil. As empresas de energia estão tentando desesperadamente limitar o acesso à rede para evitar a concorrência de instalações solares em casa, mas isso não pode durar. A tecnologia vai driblar essa estratégia.

* Com eletricidade barata vem a água abundante e barata. A dessalinização de água salgada agora, só precisa 2kWh por metro cúbico (@ 0,25 cêntimos). Não temos água escassa na maioria dos lugares, só temos água potável escassa. Imagine o que será possível se alguém pode ter tanta água limpa quanto quiser, por um custo muito baixo.

* Saúde: O preço do Tricorder X será anunciado este ano. Existem empresas que irão construir um dispositivo médico (o chamado "Tricorder" do Star Trek), que funciona com o seu telefone, o que leva a digitalização da sua retina, sua amostra de sangue e respiração com ele.

* Ele analisa 54 biomarcadores que irão identificar quase qualquer doença. Será barato, por isso em alguns anos todos neste planeta terão acesso a uma análise médica de classe mundial, quase de graça. Adeus, estabelecimento médico.

* Impressão 3D: O preço da impressora 3D mais barata caiu dos US $ 18.000 para US $ 400 nos ultimos 10 anos. Ao mesmo tempo, tornou-se 100 vezes mais rápida. Todas as grandes empresas de calçados já fazem sapatos com impressão 3D.

* Algumas peças de avião já estão sendo impressas em 3D em aeroportos remotos. A estação espacial agora tem uma impressora que elimina a necessidade da grande quantidade de peças de reposição que costumava ter no passado.

* No final deste ano, os novos smartphones terão possibilidades de digitalização em 3D. Você pode então digitalizar seus pés em 3D e imprimir o seu sapato perfeito em casa.

* Na China, eles já construíram um edifício comercial completo de 6 andares com uma impressora 3D. Até 2027, 10% de tudo o que está sendo produzido será impresso em 3D.

* Oportunidades de negócio: Se você pensar em um nicho que você quer ir, pergunte-se: "no futuro, você acha que vamos ter isso?" e se a resposta for sim, como você pode fazer isso acontecer mais cedo?

* Se ele não funciona com o seu telefone, esqueça a idéia. E qualquer idéia concebida para o sucesso no século 20 está fadada ao fracasso no século 21.

* Trabalho: 70-80% dos empregos vão desaparecer nos próximos 20 anos. Haverá uma grande quantidade de novos postos de trabalho, mas não está claro se haverão novos empregos suficientes em um pequeno período de tempo.

* Agricultura: Haverá um robô agrícola de $ 100 no futuro. Agricultores nos países do 3o mundo poderão, então, tornar-se gerentes de seu campo em vez de trabalhar o dia todo neles.

* Aeroponics vai precisar de muito menos água. O primeiro Petri prato de vitela produzido, já está disponível e será mais barato do que vaca vitela produzido em 2018. Agora, 30% de todas as superfícies agrícolas é utilizado para vacas. Imagine se nós não precisarmos de mais espaço. Existem várias startups que trarão proteína de inseto ao mercado em breve. Insetos possuem mais proteína do que a carne. Eles serão rotulados como "fonte de proteína alternativa" (porque a maioria das pessoas ainda rejeitam a idéia de comer insetos).

* Existe um aplicativo chamado "Moodies", que já pode dizer em que humor você está. Em 2020 haverá aplicativos que podem dizer por suas expressões faciais, se você está mentindo. Imagine um debate político onde está sendo exibido quando eles estão dizendo a verdade e quando eles não estão?!

* Bitcoin pode mesmo tornar-se a moeda de reserva padrão ... do mundo!

* Longevidade: Agora, a média de vida aumenta em 3 meses por ano. Quatro anos atrás, a vida costumava ser 79 anos, agora é 80 anos. O aumento em si é crescente e por 2036, haverá mais de um ano aumento por ano. Então, todos nós podemos viver por um longo tempo, provavelmente muito mais do que 100.

* Educação: Os smartphones mais baratos já estão em US $ 10 na África e Ásia. Em 2020, 70% de todos os seres humanos possuirão um telefone inteligente. Isso significa que, todo mundo tem o mesmo acesso à educação de classe mundial.

* Cada criança poderá usar a Khan Academy para tudo o que uma criança precisa aprender na escola em países do Primeiro Mundo. Já houveram lançamentos de software na Indonésia e em breve haverão versões em árabe, Suaheli e chinês, ainda nesse ano. Eu posso ver um enorme potencial, se dermos o aplicativo Inglês de graça, para que as crianças na África e em outros lugares possam tornar-se fluentes em Inglês e isso poderia acontecer dentro de meio ano.


terça-feira, 13 de junho de 2017

Presidente da Câmara de Dorval recusa abolir a carne de porco do menu das cantinas das escolas


Os pais de alunos muçulmanos exigiram a abolição da carne de porco do cardápio de todas as escolas do Distrito de Montreal. O Presidente da Câmara do subúrbio de Dorval em Montreal recusou e o porta-voz da Câmara mandou uma carta aos pais explicando o porque. Eis o teor da carta:

"Os mulçumanos têm que perceber que devem se adaptar ao Canadá e ao Quebec: aos costumes, as tradições e ao modo de vida locais porque foi para aqui que eles escolheram imigrar. Têm que entender que se devem integrar e aprender a viver no Quebec.

Muçulmanos imigrantes têm que entender que cabe a eles mudar o seu modo de vida; não os Canadenses que tão generosamente os acolheram.

Têm que perceber que os Canadenses não são nem racistas nem xenófobos. Que aceitaram muitos imigrantes antes dos muçulmanos (já o contrário não é verdadeiro, pois estados muçulmanos não aceitam imigrantes não muçulmanos).

Que não mais do que outras nações, os Canadenses não estão dispostos a renunciar a sua identidade, a sua cultura.

E se o Canadá é um país hospitaleiro, não é o Presidente da Câmara que bem recebe os estrangeiros, mas os cidadãos quebequenses canadenses como um todo.

E por último, os imigrantes muçulmanos têm que perceber que no Canadá (Quebec) - devido às raízes judaico-cristãs, árvores de natal, igrejas e festivais religiosos - a sua religião deve permanecer no fórum privado. A municipalidade de Dorval procedeu acertadamente ao recusar quaisquer concessões ao Islão e a Sharia.

Aos muçulmanos que discordam do secularismo e não se sentem desejados no Canadá, tenho a dizer que há 57 lindos países muçulmanos no mundo, na sua maioria pouco populosos  e prontos a recebê-los com braços abertos à la halal de acordo com a Sharia.

Se você emigrou do seu país para o Canadá e não para outro país muçulmano é porque concluiu que a vida é melhor no Canadá do que em qualquer outro país.

Pergunte a si próprio, uma só vez, porquê é melhor aqui no Canadá do que de onde vim?  "Uma cantina onde se serve carne de porco" é parte da resposta.


ATITUDE EXEMPLAR. Partilhe para promover  TOLERÂNCIA pelo mundo. 
É a atitude que todos países deveriam adoptar.


Conheça minha loja virtual e aproveite as excelentes ofertas.

SMARTBUY 1000 - Compra InteligenteVocê vai adorar!



quinta-feira, 1 de junho de 2017

DISCURSO DO GENERAL PAULO CHAGAS

Liberdade para quê? Liberdade para quem?
Liberdade para roubar, matar, corromper, mentir, enganar, traficar e viciar?
Liberdade para ladrões, assassinos, corruptos e corruptores, para mentirosos, traficantes, viciados e  hipócritas?
Falam de uma “noite” que durou 21 anos, enquanto fecham os olhos para a baderna, a roubalheira e o desmando que, à  luz do dia, já dura 26!
Fala-se muito em liberdade!
Liberdade que se vê de dentro de casa, por detrás das grades de segurança, de dentro de carros blindados e dos vidros  fumê!
Mas, afinal, o que se vê?
Vê-se tiroteios, incompetência, corrupção, quadrilhas e
quadrilheiros, guerra de gangues e traficantes, Polícia Pacificadora, Exército nos morros, negociação com bandidos,  violência e muita hipocrisia.
Olhando mais adiante, enxergamos assaltos, estupros, pedófilos, professores desmoralizados, ameaçados e mortos, vemos  “bullying”, conivência e mentiras, vemos crianças que matam, crianças drogadas,  crianças famintas, crianças armadas, crianças arrastadas, crianças  assassinadas.
Da janela dos apartamentos e nas telas das televisões vemos arrastões, bloqueios de ruas e estradas, terras  invadidas, favelas atacadas, policiais bandidos e assaltos a mão armada.
Vivemos em uma terra sem lei, assistimos a massacres, chacinas e seqüestros. Uma terra em que a família não é valor,  onde menores são explorados e violados por pais, parentes, amigos,  patrícios e estrangeiros.
Mas, afinal, onde é que nós vivemos?
Vivemos no país da impunidade onde o crime compensa e o criminoso é conhecido, reconhecido, recompensado,  indenizado e transformado em herói! Onde bandidos de todos os colarinhos fazem leis  para si, organizam “mensalões” e vendem sentenças!
Nesta terra, a propriedade alheia, a qualquer hora e em qualquer lugar, é tomada de seus donos, os bancos são assaltados e os caixas explodidos. É aqui, na terra da “liberdade”, que  encontramos a “cracolândia” e a “robauto”, “dominadas” e vigiadas pela  polícia!
Vivemos no país da censura velada, do “microndas”, dos toques de recolher, da lei do silêncio e da convivência  pacífica do contraventor com o homem da lei. País onde bandidos comandam o crime e  a vida de dentro das prisões, onde fazendas são invadidas, lavouras  destruídas e o gado dizimado, sem contar quando destroem pesquisas cientificas  de anos, irrecuperáveis!
Mas, afinal, de quem é a liberdade que se vê?
Nossa, que somos prisioneiros do medo e reféns da impunidade ou da bandidagem organizada e institucionalizada que a  controla?
Afinal, aqueles da escuridão eram “anos de chumbo” ou anos de paz?
E estes em que vivemos, são anos de liberdade ou de compensação do crime, do desmando e da  desordem?
Quanta falsidade, quanta mentira, quanta canalhice ainda teremos que suportar, sentir e sofrer, até que a  indignação nos traga de volta a vergonha, a autoestima e a própria  dignidade?
Quando será que nós, homens e mulheres de bem, traremos de volta a nossa liberdade?

Paulo Chagas é General da Reserva do Exército do  Brasil.

Após a leitura, não deixe de repassar. É o retrato do nosso Brasil.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

ESTARRECEDOR

O Procurador da República, Deltan Dallagnol, da Força Tarefa da Lava-Jato, compartilhou e estamos copiando aqui a Análise de José Padilha, colunista de O Globo, sobre o Mecanismo de Exploração da Sociedade Brasileira (aquilo que todos nós já sabemos mas que agora está bem melhor explicado).

"A importância da Lava-Jato
Vinte e sete enunciados sobre a oportunidade de desmontar o mecanismo de exploração da sociedade brasileira

01) Na base do sistema político brasileiro, opera um mecanismo de exploração da sociedade por quadrilhas formadas por fornecedores do Estado e grandes partidos políticos. (Em meu último artigo, intitulado Desobediência Civil, descrevi como este mecanismo exploratório opera. Adiante, me refiro a ele apenas como “o mecanismo”.)

02) O mecanismo opera em todas as esferas do setor público: no Legislativo, no Executivo, no governo federal, nos estados e nos municípios.

03) No Executivo, ele opera via superfaturamento de obras e de serviços prestados ao estado e às empresas estatais.

04) No Legislativo, ele opera via a formulação de legislações que dão vantagens indevidas a grupos empresariais dispostos a pagar por elas.

05) O mecanismo existe à revelia da ideologia.

06) O mecanismo viabilizou a eleição de todos os governos brasileiros desde a retomada das eleições diretas, sejam eles de esquerda ou de direita.

07) Foi o mecanismo quem manipulou as massas para eleger: o PMDB, o DEM, o PSDB e o PT. Foi o mecanismo quem elegeu José Sarney, Fernando Collor de Mello, Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer.

08) No sistema político brasileiro, a ideologia está limitada pelo mecanismo: ela pode balizar políticas públicas, mas somente quando estas políticas não interferem com o funcionamento do mecanismo.

09) O mecanismo opera uma seleção: políticos que não aderem a ele têm poucos recursos para fazer campanhas eleitorais e raramente são eleitos ou re-eleitos.

10) A seleção operada pelo mecanismo é ética e moral: políticos que têm valores incompatíveis com a corrupção tendem a ser eliminados do sistema político brasileiro pelo mecanismo.

11) O mecanismo impõe uma barreira para a entrada de pessoas inteligentes e honestas na política nacional, posto que as pessoas inteligentes entendem como ele funciona e as pessoas honestas não o aceitam.

12) A grande maioria dos políticos brasileiros tem baixos padrões morais e éticos. (Não se sabe se isto decorre do mecanismo, ou se o mecanismo decorre disto. Sabe-se, todavia, que na vigência do mecanismo este sempre será o caso.)

13) A administração pública brasileira se constitui a partir de acordos relativos a repartição dos recursos desviados pelo mecanismo.

14) Um político que chega ao poder pode fazer mudanças administrativas no país, mas somente quando estas mudanças não colocam em xeque o funcionamento do mecanismo.

15) Um político honesto que porventura chegue ao poder e tente fazer mudanças administrativas e legais que vão contra o mecanismo terá contra ele a maioria dos membros da sua classe.

16) A eficiência e a transparência estão em contradição com o mecanismo.

17) Resulta daí que na vigência do mecanismo o Estado brasileiro jamais poderá ser eficiente no controle dos gastos públicos.

18) As políticas econômicas e as práticas administrativas que levam ao crescimento econômico sustentável são, portanto, incompatíveis com o mecanismo, que tende a gerar um estado cronicamente deficitário.

19) Embora o mecanismo não possa conviver com um Estado eficiente, ele também não pode deixar o Estado falir. Se o Estado falir o mecanismo morre.

20) A combinação destes dois fatores faz com que a economia brasileira tenha períodos de crescimento baixos, seguidos de crise fiscal, seguidos de ajustes que visam conter os gastos públicos, seguidos de novos períodos de crescimento baixo, seguidos de nova crise fiscal...

21) Como as leis são feitas por congressistas corruptos, e os magistrados das cortes superiores são indicados por políticos eleitos pelo mecanismo, é natural que tanto a lei quanto os magistrados das instâncias superiores tendam a ser lenientes com a corrupção. (Pense no foro privilegiado. Pense no fato de que apesar de mais de 500 parlamentares terem sido investigados pelo STF desde 1998, a primeira condenação só tenha ocorrido em 2010.)

22) A operação Lava-Jato só foi possível por causa de uma conjunção improvável de fatores: um governo extremamente incompetente e fragilizado diante da derrocada econômica que causou, uma bobeada do parlamento que não percebeu que a legislação que operacionalizou a delação premiada era incompatível com o mecanismo, e o fato de que uma investigação potencialmente explosiva caiu nas mãos de uma equipe de investigadores, procuradores e de juízes, rígida, competente e com bastante sorte.

23) Não é certo que a Lava-Jato vai promover o desmonte do mecanismo. As forças politicas e jurídicas contrárias são significativas.

24) O Brasil atual está sendo administrado por um grupo de políticos especializados em operar o mecanismo, e que quer mantê-lo funcionando.

25) O desmonte definitivo do mecanismo é mais importante para o Brasil do que a estabilidade econômica de curto prazo.

26) Sem forte mobilização popular, é improvável que a Lava-Jato promova o desmonte do mecanismo.

27) Se o desmonte do mecanismo não decorrer da Lava-Jato, os políticos vão alterar a lei, e o Brasil terá que conviver com o mecanismo por um longo tempo."      

 Depois desta leitura se você se sentir impotente, ACREDITE que você
pode fazer história. Continue lutando da maneira possível. REPASSE: é uma forma de luta. E não tenha medo de ir para ruas, seus filhos terão orgulho de você. O Brasil é o nosso país.    

Conheça minha loja virtual e aproveite as excelentes ofertas.

SMARTBUY 1000 - Compra Inteligente

Você vai adorar!


terça-feira, 22 de setembro de 2015

O Engodo do Ajuste Fiscal de Dilma


O anúncio do ajuste fiscal feito pelos ministros da área econômica de Dilma não passa de um monte de promessas vazias. Na realidade, constitui um pacote onde, tais medidas (15 de 16 dependem da aprovação do congresso) são um papel de seda frágil e enfeitado que serve para embrulhar um presente de grego aos cidadãos brasileiros chamado CPMF.  Eu chamo a CPMF de Confisco Para
Manter a Falcatrua!

O povo já sobrecarregado, que trabalha 5 meses para pagar impostos que deveriam ser devolvidos aos contribuintes em forma de saúde, educação, segurança e transporte de qualidade, usa os outros 7 (+1 para quem está no mercado formal) para financiar esses serviços, já pagos, novamente se não quiser morrer na fila do SUS, aprender o mínimo para disputar uma vaga no mercado de trabalho, contratar serviços de vigilância e instalar equipamentos de segurança para não ser assaltado ou morto e pagar um táxi ou manter seu próprio carro porque não há transporte público decente. Concordar com a volta desse confisco é dar sobrevida a um governo falido e corrupto que já mostrou de todas as formas que não é capaz de conduzir o país.

Se o Congresso Nacional não agir, ou se Dilma não tiver a sensibilidade de reconhecer seu fracasso administrativo, político e moral e insistir em não renunciar, os danos ao país serão irreparáveis a curto e médio prazo. Tirar o Brasil do limbo no pós-Dilma será uma tarefa dolorosa que demandará tempo, cooperação política e muita, mas muita paciência e esforço do povo brasileiro.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Minha Casa Meu Pesadelo


Uma realidade pouco percebida sobre o Minha Casa Minha vida reside no fato de que ganhar uma casa nova a precinho de banana é um pouquinho mais complicado do que parece a princípio. Conversando com um funcionário de prefeitura de trabalha na pasta de Desenvolvimento Social, entendi que o buraco é mais embaixo. Ele me contou dos efeitos colaterais ocultos nessa panaceia social que ninguém divulga. Vou citar uns dois, apenas para efeito ilustrativo: oriundos de comunidades (favelas e invasões) que têm sua organização muito particular, moradores do Minha Casa Minha Vida se deparam com uma mudança de vida para a qual não tinham a menor ideia de como seria. Acostumados a "despesas zero" por gatos de todos os serviços, de repente vêem sua caixa de correio repleta de contas de água e luz, com valores estratosféricos. Isso ocorre porque, como nunca pagaram por esse serviço, não usam com parcimônia e a conta reflete os abusos que os mortais comuns, que sempre pagam pelos serviços não comentem porque sabem do custo. Daí eles vão direto para a Assistência Social das prefeituras para reclamar que estão sendo "roubados" pelas companhias de luz e água e que não têm nenhuma condição de pagar uma conta nesse valor. Ocorrem situações inusitadas como alguns perguntarem: - Mas não tem "gatoNET" aqui? O ouvem a triste resposta: - Aqui não tem nem NET oficial, meu amigo, muito menos gatoNET. Vale lembrar que com o sistema despesas zero que tinham, assumiram alguns carnês nas Casas Bahia da vida. E agora ainda assumiram uma prestação do novo imóvel, mesmo que pequena, mas não há orçamento para o novo padrão de vida.

Outro problema recorrente é que não há infraestrutura preparada para receber as centenas de famílias (milhares de pessoas) de uma só vez naquela região. Não há vagas nas escolas, não há postos de saúde com capacidade de atender a demanda, não há transporte público suficiente. O resultado é que, por paradoxal que pareça, a qualidade de vida dessas pessoas cai ao invés de melhorar. Ao serem perguntados se eles preferem a nova vida ou a vida antiga da comunidade ou invasão, respondem que estão com saudades dos amigos, da vidinha que levavam, do velho e bom churrasco na laje. Faz lembrar aquela pessoa que ganha um carro zero em algum sorteio, mas não tem carteira de motorista, não tem garagem para estacionar, não tem dinheiro para pagar o IPVA e os impostos, o seguro particular e nem mesmo a gasolina. O carro vira um problema ao invés de ser uma solução.

O que estou querendo dizer é que o buraco é mais embaixo. Não basta presentear uma família com um imóvel novo como se isso fosse a solução de todos os seus problemas. Em vários casos, pode ser um problema a mais, infelizmente. Não sou contra o programa, em absoluto. Sou contra a forma como ele é feito e como é vendido pela propaganda do governo. Agora pense no cidadão que acabou de perder seu emprego... Minha Casa Meu Pesadelo ao abrir a caixa do correio e encontrar, além das contas, uma intimação da Caixa e a ameaça de perder sua casinha.