terça-feira, 22 de setembro de 2015

O Engodo do Ajuste Fiscal de Dilma


O anúncio do ajuste fiscal feito pelos ministros da área econômica de Dilma não passa de um monte de promessas vazias. Na realidade, constitui um pacote onde, tais medidas (15 de 16 dependem da aprovação do congresso) são um papel de seda frágil e enfeitado que serve para embrulhar um presente de grego aos cidadãos brasileiros chamado CPMF.  Eu chamo a CPMF de Confisco Para
Manter a Falcatrua!

O povo já sobrecarregado, que trabalha 5 meses para pagar impostos que deveriam ser devolvidos aos contribuintes em forma de saúde, educação, segurança e transporte de qualidade, usa os outros 7 (+1 para quem está no mercado formal) para financiar esses serviços, já pagos, novamente se não quiser morrer na fila do SUS, aprender o mínimo para disputar uma vaga no mercado de trabalho, contratar serviços de vigilância e instalar equipamentos de segurança para não ser assaltado ou morto e pagar um táxi ou manter seu próprio carro porque não há transporte público decente. Concordar com a volta desse confisco é dar sobrevida a um governo falido e corrupto que já mostrou de todas as formas que não é capaz de conduzir o país.

Se o Congresso Nacional não agir, ou se Dilma não tiver a sensibilidade de reconhecer seu fracasso administrativo, político e moral e insistir em não renunciar, os danos ao país serão irreparáveis a curto e médio prazo. Tirar o Brasil do limbo no pós-Dilma será uma tarefa dolorosa que demandará tempo, cooperação política e muita, mas muita paciência e esforço do povo brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...