terça-feira, 15 de setembro de 2009

A presepada de Azeredo

O Senador Eduardo Azeredo, do PSDB-MG (ô prosa ruim) , com seu ridículo Projeto de Lei de Crimes Informáticos, quer criminalizar usuários da net e colocá-los sob vigilância. A infactibilidade da proposta na prática a coloca na galeria das "leis besteiróis", mas, o que incomoda é a motivação velada por trás dela. Tentativa de censura em pleno século 21 é de uma infelicidade figadal.

Charge do Myrria

Eduardo Azeredo presidiu a Prodemge, a Prodabel e a Serpro, todas elas empresas estatais de informática. Infelizmente não parece ter ficado atento às profundas transformações da ciência da informação, em especial a internet. Ele foi analista de sistemas da IBM nos anos 70, ou seja, no tempo do cobol a cartão perfurado. Que furada em senador Azeredo?

Um comentário:

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...