terça-feira, 1 de setembro de 2009

Tasso se envolve em outro pega pra capar no senado

O senador tucano Tasso Jereissati (PSDB-CE), andou dando uma bicadas na senadora Ideli Salvatti (PT-SC), acusando-a de querer “colocar a culpa no mordomo”. O pivô da discórdia foi o questionamento sobre os parâmetros usados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) nas auditorias realizadas nas obras da Refinaria Abreu Lima, alvo de denúncias de superfaturamento. Tasso falou que, ao desqualificar o trabalho do TCU, Salvatti estaria tentando transformar o órgão em um “novo Francenildo”, caseiro que acusou o então ministro da Fazenda, Antônio Palocci (PT-SP) e seus assessores de quebrar seu sigilo bancário. Uma coisa é certa... Os ânimos vão estar cada vez mais acirrados quanto mais se aproximar a campanha eleitoral de 2010. As farpas vão voar cada vez mais fortes entre tucanos e petistas. Os bicudos querendo voltar e os vermelhos não querendo largar o osso. Enquanto isso o senado vai ficando cada vez mais parecido com a "Favela do Pau Comeu"!


Tasso e Ideli batem boca no Senado

Erivaldo Carvalho
O Povo Online

O senador Tasso Jereissati (PSDB) envolveu-se, hoje, em um novo bate-boca no Senado.

Desta vez, o confronto deu-se com a colega Ideli Salvati (PT-SC).

A peleja aconteceu durante a discussão do papel do Tribunal de Contas da União, que diz ter havido superfaturamento nas obras da refinaria Abreu e Lima (PE).

Alguns trechos:

Tasso disse que, ao tentar desqualificar o trabalho do TCU, Ideli estaria tentando transformar o órgão fiscalizador em um “novo Francenildo”, caseiro que acusou o então ministro da Fazenda, Antônio Palocci (PT-SP) e seus assessores de quebrar seu sigilo bancário.

“Senador, não trate dessa forma, porque estamos falando de uma coisa séria”, disse Ideli. Em seguida, Jereissati atacou: “Acho ridícula a argumentação da senhora.”

No dia 6 de agosto, o tucano alterou-se com Renan Calheiros, líder do PMDB no Senado, tendo como pano de fundo a crise na Casa envolvendo o presidente José Sarney (PMDB-AP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...