terça-feira, 28 de julho de 2009

Meu Deus! O surto é coletivo


Tá todo mundo doido no planalto. A onda agora é um segundo PAC para acelerar o primeiro PAC. E o ministro do planejamento (tsic) Paulo Bernardo vai na onda corroborando a pilhéria. Será que eles pensam que a gente vai levar isso a sério? Bando de aloprados... Eu em!



Paulo Bernardo diz que novo PAC vai agilizar projetos do governo

CHRISTIAN BAINES
colaboração para Folha Online, em Brasília

O ministro Paulo Bernardo (Planejamento) afirmou que o novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) proposto nesta terça-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá agilizar o andamento dos projetos. Lula afirmou na Paraíba que vai lançar o novo programa para que o próximo governante não tenha de "começar do zero".

"O que o presidente Lula tem dito é que nós tivemos muita dificuldade na articulação do PAC por falta de projetos previamente desenvolvidos. Então, o que ele deseja é deixar para o próximo governo uma carteira de investimentos. Evidentemente, que a decisão de executar esse ou aquele projeto será do próximo governo. Mas você tendo opções e já um trabalho desenvolvido, optando por fazer o investimento, pode fazer isso com mais rapidez", disse o ministro ao sair de congresso sobre gestão pública realizado hoje em Brasília.

Bernardo negou que o governo esteja ampliando o programa e procurou minimizar a sensação de que a gestão Lula quer deixar alguns projetos como obrigação para a próxima gestão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...