segunda-feira, 20 de julho de 2009

Trem da alegria secreto no senado - A ponta do iceberg




Será que ainda há algo que não está podre no senado da república?

Como é que ficam as pessoas que estudam anos para completar a universidade, depois estudam como loucos para passar nos concursos públicos federais e, depois que passam, ainda ficam aguardando serem chamadas?

Trem da alegria lotado com 82 felizardos estagiários sendo EFETIVADOS sem concurso como funcionários federais. Isso mesmo! Funcionários federais sem concurso. O sonho de carreira de 7 entre 10 estudantes de curso superior.

Agora será preciso conhecer os sobrenomes destes agraciados (ou seria agaciados)*. Batata que são todos bem conhecidos. Aí que o bicho começa a pegar. Sobrenome na política é pior que digital e DNA na investigação criminal, entrega mesmo. Se divulgarem os nomes diremos:

Até tu Brutus?

O Sistema por lá é pra lá de bruto.

Imaginem o que ainda virá desses tais atos secretos do senado.

Êta senadinho podre viu...

*Sei que entenderam de cara mas não custa explicar o neologismo:
Agaciado - indivíduo que recebeu favor imerecido pelo Zeus do senado, o senhor Agaciel.

========

Senado efetivou 82 estagiários sem concurso; tucano pede explicações

Quatro anos depois da promulgação da Constituição, que proíbe, desde 1988, nomeações sem concurso público, o Senado efetivou 82 estagiários da gráfica da Casa, transformando-os em servidores públicos federais.

A denúncia foi publicada neste domingo pelo jornal "O Estado de S. Paulo". Após investigações internas, o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) cobrou explicações da Primeira Secretaria do Senado sobre as contratações. Ele apresentou requerimento, mas ainda não recebeu uma resposta oficial.

CHRISTIAN BAINES
colaboração para a Folha Online, em Brasília
20/07/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...