sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Carta de Lula a Mercadante - Para ler, chorar e ficar

Eis a íntegra da carta de Lula para Mercadante. Depois de lê-la ele amarelou de sua "decisão de caráter irrevogável" e resolveu ficar. Disse que o senado errou, o PT errou e ele também. Por que será que ele não tem como dizer não ao presidente? Rabo preso? Erro é não manter a palavra meu caro Mercadante. Não aprendeu nada com o sarney por aí não? O tempo é o senhor da razão. Palavras precipitadas mancham a biografia dos homens sérios. Se foi uma decisão infeliz anunciar a renúncia, mais infeliz foi renunciar a renúncia.


Charge de ontem do Aroeira modificada pra hoje.

Não tenho como dizer não ao presidente, diz Mercadante; veja a íntegra da carta de Lula

21/08 - 11:52
Redação do Último Segundo

O senador Aloizio Mercadante (SP) recuou nesta sexta-feira e afirmou que desistiu de deixar a liderança do PT no Senado, atendendo a um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na véspera, Mercadante havia informado que deixaria o cargo, pois não aceitava a posição que o partido tomou no Conselho de Ética da Casa. "Mais uma vez o presidente Lula me deixa numa situação que eu não tenho como dizer não", disse Mercadante no plenário.

Veja na íntegra a carta enviada por Lula a Mercadante:

"Brasília, 21 de agosto de 2009

Meu companheiro Aloizio Mercadante,

Ontem [quinta-feira], à noite, tivemos uma longa e franca conversa, mais uma entre tantas nesses mais de 30 anos de companheirismo e amizade em comum. Você me expressou novamente, como tem feito publicamente, sua indignação com a situação do Senado Federal e suas duras críticas ao posicionamento da direção do PT nos processos no Conselho de Ética. Respeito sua posição e considero um direito legítimo você expressá-la para militância do PT e para a sociedade, bem como continuar lutando por uma reforma profunda no Senado.

Mas, não posso concordar com uma renúncia da liderança da bancada do PT. Você tem todo o apoio de nossos senadores e senadoras. A bancada e eu consideramos você, Mercadante, imprescindível para a liderança.

Não tem sido fácil construir alianças e aprovar projetos tão relevantes ao nosso governo para superarmos a grave crise da economia internacional, como estamos superando, distribuir renda, implantar novas políticas públicas e melhorar a vida do nosso povo. Todo esse processo depende do Senado. Você vem contribuindo decisivamente e sua liderança é fundamental para nossas lutas no Senado.

Mercadante, estamos juntos há 30 anos travando as lutas que interessam ao povo brasileiro e mudando a história do País. Dificuldades e divergências fazem parte dessa caminhada, mas são menores que ela. Em nome dessa história e dessa caminhada, fique na liderança.

Esse é um pedido sincero de um velho amigo e sempre companheiro.

Luiz Inácio Lula da Silva"

2 comentários:

  1. Tenho nojo dessa gente! Creduuuu!

    ResponderExcluir
  2. Com essa amarelada ele acabou de perder a reeleição para o senado, agoara quero ver qual o canditado que o PT vai tentar emplacar para o Senado nas próximas eleições.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...