terça-feira, 25 de agosto de 2009

Governadora do Pará diz que presidente não interferiu no Senado - Como assim?

Mais uma pro rol dos sem noção. Ou é sem noção ou é sem vergonha. Como assim, Lula não interferiu no senado? Ele não apenas interferiu, como é o principal responsável pelo atual quadro em que se encontra aquela casa. Dona Ana Júlia Carepa (PT) também perdeu mais uma oportunidade de ficar calada. Quanto mais essa turma do PT fala, mais se compromete. Será que eles não assitem aqueles seriados: "Você tem o direito de permanecer calado. Tudo o que você disser poderá e será usado contra você no tribunal." Tribunal, por aqui não resolve muita coisa, mas a campanha eleitoral do ano que vem será uma ótima oportunidade de fazer valer a citada frase. As besteiras que eles dizem poderão e serão usadas contra eles nas eleições 2010. Pode deixar com a gente.



Mais uma Menina MaLULAquinha


Governadora do Pará diz que presidente não interferiu no Senado

Clébio Cantares
Do Diário do Grande ABC

Em visita a Santo André ontem, a governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT), afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não interferiu no Senado apesar de o líder do PT, Aloizio Mercadante, ter admitido na semana passada que não deixou o posto a pedido do chefe da Nação. "Ele não fez nenhuma interferência, apenas opinou como cidadão", falou a petista.

Durante evento na UniABC, onde proferiu palestra sobre Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, a ex-senadora declarou que a Casa tem condições de resolver seus próprios problemas, minimizando a crise que envolve o presidente do Senado, José Sarney (PMDB) e acabou afetando o partido.

"Não tenho dúvidas de que tudo será resolvido. Ter um Senado forte é uma questão fundamental para a democracia de nosso País". enfatizou Ana Júlia.

A governadora desconversou sobre as últimas baixas em seu partido. Para ela, a saída da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e do senador Flávio Arns não atrapalham o PT. "A Marina é uma grande amiga e respeito a posição dela. Isso faz parte da democracia. Mas, mesmo com a saída dela, a bandeira da sustentabilidade ambiental continuará em nosso partido. Tenho focado isso em meu governo", enfatizou a petista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...