sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Encontrado X9 que desenterrou atos ocultos de Toninho Malvadeza

A volta dos mortos vivos! O Heráclito anunciou que já foi identificado o X9 que trouxe para o mundo dos vivos 448 zumbis da administração ACM (que gostava de manipular o painel de votação), o temível Toninho Malvadeza. Trata-se do ex- diretor de Recursos Humanos Ralph Siqueira, que por sua vez foi cagoetado por Franklin Paes Landim, encarregado dos boletins da casa. Essa é boa! No que nos diz respeito, ele prestou um grande serviço aos eleitores que têm o direito de conhecer a verdadeira natureza dos atos que se pratica no senado federal. Pelo jeito, para Heráclito Fortes, o lixo deveria repousar incólume debaixo dos felpudos tapetes daquela casa. Quanto mais esses senadores falam, mais besteira aparece, e, quanto mais eles agem, mais o nível desce e mais a vergonha cresce. Alguém poderia me dizer para que serve esse senado afinal?

Heráclito na tribuna repudia atos secretos

WILSON PEDROSA/AE

Heráclito na tribuna repudia atos secretos

Senado identifica responsável por publicar novos atos secretos

Do Diário OnLine

O Senado identificou na quinta-feira o funcionário responsável pela publicação de 468 novos atos secretos no Boletim de Administração de Pessoal, sistema que divulga esses dados. O ex- diretor de Recursos Humanos Ralph Siqueira foi apontado como o responsável por inserir as informações, referentes aos anos de 1998 e 1999, na rede de computadores após o dia 29 de maio deste ano.

Segundo o senador Heráclito Fortes, primeiro-secretário da Casa, o nome foi confirmado por Franklin Paes Landim, encarregado dos boletins da casa. O parlamentar já havia declarado que a ação tinha sido tomada por "fundamentalistas da administração passada que deixaram seus cargos e acham que vão voltar".

Questionado se uma dessas pessoas a quem se referia era o ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia, Heráclito Fortes respondeu: "Eu não tenho dúvida. Ele e os que participavam da gestão anterior".

Números - Em um primeiro levantamento realizado pela diretoria-geral de Senado já haviam sido contabilizados 663 atos secretos. Agora, o número passa de mil.

Mas, desta primeira lista, 152 itens foram considerados legais por terem sido devidamente publicados em edições do Diário do Senado Federal ou em edições do Boletim Administrativo do Pessoal.

Um comentário:

  1. Vê-se que a prática é antiga... Já dizia Erasmo.... (O esqueleto se moveu na tumba de Roterdan)

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...