domingo, 16 de agosto de 2009

Governo quer liberar plantio de maconha no quintal

Então... planta uma moita no quintal e monta uma banquinha em frente de casa. Legaliza logo a Boquinha de Fumo como micro-empresa familiar. O cigarro está sendo proibido pra todo lado (graças a Deus) e o governo querendo liberar maconha. Mas que droga em?




Governo estuda liberar plantio de maconha em casa

A proposta de alteração da Lei Nacional Antidrogas deve chegar ao Congresso em outubro

O Governo Federal estuda liberar plantio de maconha em casa. A proposta de alteração da Lei Nacional Antidrogas deve chegar ao Congresso em outubro. O deputado Paulo Teixeira, que vai apresentar a proposta à Câmara, diz que o objetivo é afastar o pequeno usuário do tráfico de drogas. Segundo o parlamentar, a medida vai descriminar o uso e a posse de quantidades irrisórias de entorpecentes.

Publicado Por: Fernando Cymbaluk
Site Jovem Pan

13 comentários:

  1. O governo Lula vai passar para história, como o partido que mais incentivou a pouca vergonha. Se tratando de Lula e PT, é isso aí!
    Não sei porque mas a cada dia sinto mais cheiro de merda!

    ResponderExcluir
  2. Esse é o caminho certo, pois diminui o poder do tráfico e a corrupção associada. Para quem ainda não percebeu, a guerra contra as drogas fracassou, e feio. Com a proibição, cada dia se aumenta o consumo de drogas. Quem puder assistir o filme Grass, observará as questões políticas que envolveram a criminalização da maconha nos Estados Unidos. E quem puder se informar melhor, perceberá que a maconha é muito menos maléfica que o álcool ou o cigarro. Precisamos deixar a hipocrisia de lado e saber lidar com as drogas, adotando políticas de redução de danos, nunca aquelas repressoras, que nunca funcionaram. Estamos vivendo um fracasso na política anti drogas e tem deputado que quer levar à cadeia o usuário... Agora como colocar mais de 1 milhão de brasileiros na cadeia? Parabéns ao Deputado Paulo Teixeira pela coragem de enfrentar preconceitos e por colocar essa matéria em discussão. Caso as mentes estejam abertas e prontas para pensar, teremos uma chance histórica de diminuir o pensamento preconceituoso de grande parte do país. Reiterando, quem puder se informe um pouco mais sobre o assunto, procure ver os dois lados da causa e, por favor, analisem os aspectos práticos da proibição de da legalização.

    ResponderExcluir
  3. EU JA COMECEI A PLANTAR MEUS PEZINHOS DE CANABIS E JA TO FUMANDO DELES É UMA BOA IDEIA GOSTEI

    ResponderExcluir
  4. esse é o caminho certo se libera a maconha as pessoas não se arriscarão subir no morro para comprar maconha e infraquecera o trafico porque sem dinheiro não ezisti armas e tanbem drogas sintéticas se cada pessoa plantar o seu pe cada um sai ganhando com isso o fumante da erva fica felis ele trabalhara felis e o brasil saira da merda mas a politica de liberação tem que fussionar da seguinte manera cada pessoa tem direito de plantar no quintao de casa 5pés de maconha se passar disso é só apreender o produto em flagante e aplicar uma pena cevera e todos vão aprende se quer fumar tem que respeitar as leis e no final o brasil saira da merda e não vai mas pressizar dos outros paises para nada valeu por lerem o que eu escrevi eu tenho 16anos e fumo macona para dormir e não fumo direto só fumo anoite para dormir porque eu tenho inçonia e não conssigo dormir mas quando eu fumo eu durmo rapido e no outro dia eu acordo disposto para faser oque eu tenho que faser um abrasão pessoal

    ResponderExcluir
  5. Ja estava na hora né. Se o cara planta, não compra, se fuma oque eu tenho com isso?

    ResponderExcluir
  6. espero ancioso esa legalisacion , no mas suvir un morro , no mas intercambiar palabras con gente fea de ver , no mas peleas familiares , no mas sentirse un marginado y poder hablar del tema libremente .
    2010 no mas oprecion

    ResponderExcluir
  7. sou a favor da liberação do cultivo caseiro da maconha porque essa é a unica maneira de desassociar o usuario dos traficantes ,pois toda vez que um policial acusa o usuario de sustentar o crime, ele tambem age com violencia,ainda mais se for em locais mais isolados dos grandes centros ,na zona oeste do rio por exemplo há muitos relatos de execuções de usuarios por conta de milicianos que agem naquela região e uma das regras da milicia é que se for pego fumando maconha a sentença é de morte, só se pode usar drogas legais como o alcool que mata milhares de pessoas todos os anos mas que nao dá lucro à traficantes.Ninguem nunca morreu por fumar maconha e isso ja é argumento suficiente para que a erva seja tratada com mais respeito e separada da cocaina aos olhos da lei,todos sabem que o tabaco vendido em qualquer estabelecimento comercial mata muito mais porque contem naftalina e outras centenas de quimicas venenosas misturadas ao tabaco para viciar quem fuma,por isso é muita hipocrisia essa demora em agilizar a liberação do cultivo caseiro para que haja a quebra do vinculo do usuario e bandidos que se amontoam em favelas e que dividem os lucros com maus policiais que por sua vez facilitam o acesso de armas e drogas aos grandes centros e tambem periferias

    ResponderExcluir
  8. isso é bom nao vejo a hora de poder plantar meu jardim kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Valeu Tasso Genrro vamos legalizar essa erva miraculosa.

    ResponderExcluir
  10. ja esta mais que ma hora de legalizar, cansei d subir o morro, quero comprar em algum lugar descente onde nao sou tratado como marginal porque. maconhero nao é marginal quero comprar e ja sair fumando espresando meus pensamentos sem ninguem me inibir....

    liberdade chegou nossa hora vamos brigar por iso

    ResponderExcluir
  11. eu acho muito bom a liberaçao da maconha no brasil porque vai ajudar muito a população que fuma a maconha vai sentir melhor , porque a policia não poder faz mas as pessoas comer a ponta

    ResponderExcluir
  12. a maconha é uma planta, como árvore, se ficar ali no cantinho, tomando seu solzinho no quintal, fazendo sombra, bom d++++

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...