quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Política e políticos - Um vício nacional


É como o esquema das drogas. Ele só existe porque o usuário consome, e como dizia o capitão Nascimento na Tropa de Elite para o mauricinho viciado: "Sabe quem matou esse cara aí? foi você playboyzinho que compra e financia essa merda toda." O esquema político não difere muito dessa lógica perversa, e só existe porque a gente vota naquelas "drogas da pesada" que estão lá. Será que a gente já não é dependente daquilo? O pior é que no fundo, todo mundo quer ganhar alguma coisa com este monumental esquema de corrupção que avassala a política nacional.

O eleitor sempre se contenta com alguma migalha, nem que seja só em época eleitoral. A grande maioria já aceitou tudo isso sub-reptíciamente e procura garantir seu lugarzinho nesse monte de merda amoral da política brasileira. Se não houver uma grande conscientização de que uma mudança de pensamento e postura em relação à esse monstro, ele vai continuar devorando as mentes, e a grana da nação e impedindo a "ordem e o progresso" propalados em nosso lábaro estrelado que deveríamos ter muito orgulho em ostentar.

Corrupção não é uma doença que assola apenas o terceiro mundo, mas é notável que quanto maior é o índice de corrupção de um país menores são os números do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) que contemplam todas as áreas das necessidades básicas dos habitantes desse nosso louco planeta chamado Terra. Corrupção é um câncer maligno sim! E todas as vezes que nos for dada uma oportunidade de agir de maneira ética, devemos agarrar com unhas e dentes.

Sejamos éticos em tudo, ou pelo menos nos esforcemos para ser. Inclusive para votar! 2010 é mais uma grande oportunidade de promover algumas mudanças nesse quadro, não podemos desperdiçar.

Por Heber Dias



Esta charge do Lila foi feita originalmente para o

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...