sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Será que ainda tem gente séria no senado ?

Menos um nome sério no rol dos nobres representantes do povo no senado da república. Dona Rosalba Ciarlini, senadora pelos Democratas do RN, que inclusive é suplente do Conselho de Ética (huahuahuaaa), também mama nas generosas tetas daquela casa legislativa, que legisla muito mais em causa própria do que em favor do povo brasileiro. Basta lembrar que apenas 19% das leis são de origem do senado, sendo o resto da câmara e do executivo. Fica a pergunta que não quer calar: Será que ainda tem gente séria no senado ?



Senadora é suspeita de viajar a passeio com verba pública

Do Diário OnLine

A senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), suplente no Conselho de Ética do Senado, teria utilizado verba pública para custear viagens de turismo para ela, marido, filhos, amigos, e também para seu advogado e esposa, segundo denúncia publicada nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo.

Em seu primeiro mandato, a parlamentar teria custeado passagens aéreas e hospedagens em hotéis com recursos de sua cota aérea - criada para permitir o deslocamento no exercício da atividade parlamentar.

De acordo com dados divulgados na reportagem, 320 páginas de cartões de embarque e comprovantes de passagens mostram que a senadora pagou 240 viagens em menos de 300 dias. De maio de 2007 a fevereiro de 2008, teriam sido gastos cerca de R$ 160 mil.

Defesa - Em nota enviada ao jornal autor da denúncia, Rosalba alega que os bilhetes foram emitidos com as sobras de sua cota aérea, dentro do que as regras permitiam. "Quando cheguei ao Senado, havia diversas complementações da remuneração básica do senador, entre elas uma parcela para viagens", disse.

"Esta parcela era paga mensalmente e, conforme a regra então vigente, importava em determinado valor mensal que, se não utilizado em um mês, ia sendo acumulado [...]. Se o senador tivesse saldo desta verba, ele podia ser usado livremente, e a agência de viagem podia usá-lo para pagamento de hotéis."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante aqui. Ao comentar você nos incentiva a continuar nosso trabalho. Responderei neste mesmo espaço. Vamos prosear...